sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

A História Por Trás da Academia Kiel Hyre.

| |
Olá amores, essa matéria não será tão produtiva, estou com sono, e a matéria será baseada na releitura de alguns prints, e principalmente na minha memória. Que vamos concordar, não é lá muito confiável. Mas como eu prometi reviver a Ala Ragnarök, e eu realmente amo o Kiehl, por que não matar dois coelhos com uma cajadada só. Alerta badumtss: eu tinha um coelho chamado Kiehl. O início é meio chatinho, mas é muito interessante.
[EDIT]
A post saiu bem maior do que eu esperava e durou 2 dias de escrita, espero que gostem. [/EDIT].
Izayoki e Kyoh
Academia bonita, não?
A Academia Kiel Hyre é uma academia de elite, adaptada à necessidade dos estudantes. Embora seja uma academia bastante concorrida, ela não é destinada à pessoas ricas, mas sim à órfãos.


Primeiramente, você precisa entregar um vinho especial para a senhora Lecollane. Com a permissão dos guardas, você entra na famosa academia de elite. Chegando ao seu destino você conhece a desastrada Ellyja (Elly), ela pede para você buscar algumas coisas para que ela faça biscoitos e você o pombo correio vai la buscar. Depois que você retorna a academia e ganha seus cookies, você precisa ajuda-la a encontrar seu avô, Kiel, o qual está desaparecido. Há uma cabana na qual você precisa entrar, mas o guarda chato não lhe permite passar, então é usada uma chave para a porta dos fundos.

Nos fundos da cabana, você encontra uma carta endereçada a Elly, naturalmente você a entrega.

"Querida Elly,

Tenho algo a conversar com meu filho Kiehl, então estou partindo para encontrá-lo.
Se não ouvir falar de mim em 7 dias após eu ter lhe escrito é possível que eu esteja em perigo. Não confie em ninguém na Academia, Elly.
Deixei algo para você no Escritório."

Pois é, meus queridos, acontece que a carta foi escrita a 10 dias a guria nem sentiu falta do avô?!. E quem vai la catar o velho? Você, é claro. Antes de ir, Elly fala com você sobre alguns incidentes estranhos: suas colegas da academia estão ficando aterrorizadas com um fantasma que vaga pela academia, ele supostamente amaldiçoa suas vítimas, deixando-as 'fracas e sem vida'.
Obs.: Kiel, é o avô de Elly, e Kiehl é o filho do Kiel.

Você volta aos fundos da cabana e entra em um lugar secreto no subterrâneo. E você acha que vai encontrar reboco? É tudo lindo! Perfeitamente arrumado e bem construído.
Nisso, encontramos um mapa e o descolamos com vapor. Entre o mapa e a parede revela-se um pedaço de papel dobrado com um poema.
(vou por os poemas também, porque são legais <3)

"Ela morrerá em um lugar tão frio quanto os polos.
Quando o poço está seco e o chão está rachado,
o caminho para o coração dela, um coração tão transparente quanto cristal, se abrirá.
Terei de lutar com quarto serpentes com quatro espadas para encontra-la.
A primeira espada é o amor. A segunda espada é o desespero. A terceira espada é a fúria. A quarta espada é a esperança, de encontra-la, de salva-la."

Okay, você passa e faz alguns puzzles pelos mapas ainda subterrâneos. revirando uma estante de livros você acha no fundo um pequeno cofre, e dentro uma pequena caixa de aço.
Ainda sem saber do interior da caixa, você encontra a continuação do poema:

"A primeira serpente é feita de aço, usei minha fúria para destruí-la. A segunda serpente é feira de mágica, mas meu amor perfurou seu coração. 
A terceira serpente é carne e sangue, mas minha esperança a derrotou no final.
Ainda assim, a quarta e derradeira serpente é sem forma, e ninguém sabe sua aparência.
Eu joguei meu desespero para o ar, mas ninguém sabe se isso matou a serpente. Eu meramente um pequeno demônio perdido com quatro espadas e quatro serpentes, em busca daquela garota nas trevas."

A partir daí você encontra uma velhinha, usa o poema como puzzle, e ela te dá uma sequência de números, ô maravilha. Mas como essa parte não interessa vamos deixar resumido para não ficar chato. afinal isso não é um tutorial.

Você invade a privacidade da garota adentra o quarto de Elly pela janela, com um bilhete na meda escrito que ela está com medo, um homem vestido de preto tem jogado uma magia estranha. O homem correu atrás dela e ela se trancou no quarto. O estado em que a encontramos é simples: ela está imóvel. sabe quando a pessoa brinca de estátua e fia para no mesmo lugar? . Quando você grita "ACORDE, ELLY!" ela deixa cair um broche e uma pequena chave das mãos. E para que serve a chave? Lembram da caixa que pegamos? É.
#Atenção, agora a história fica interessante!
Dentro da caixa há uma carta para Elly, de seu avô:

"Querida Elly,
Kiehl finalmente quebrou o tabu e tentou transformar vocês em algo horrível,

Quando você ler isso, minha vida provavelmente está em perigo.
Até onde viverei, dependerá de você.

Você ja vai descobrir se você encontrar Puppet, mas quero lhe dizer eu mesmo: você não é humana.
Você descobrirá os detalhes se você entrar na fábrica usando a entrada perto da sepultura próxima da igreja. Então quero que você encontre Allysia dentro da sala secreta da fábrica.
Eu registrei seu nome no sistema de segurança dela, então não se preocupe. Felizmente Allysia virá então me salvar...

Desculpe por isso,
Vovô."


Você vai na sepultura, digita a senha, e na sala finalmente encontra Allysia, ou melhor, AllysiaS, pois há 5 delas. Depois de se identificar como amiga de Elly, Allysia revela os motivos de Kiel:
[Parte da fala de Allysia]
"Kiehl estava para fazer modificações anormais nos robôs humanoides. Isso foi reportado a Kiel Hyre, que foi parar Kiehl. No entanto, Hyre não retornou."

Você sai em busca do velho, e o encontra atrás de uma porta. explica sua situação. Ele lhe entrega um pedaço de metal destinado a Allysia. Agora fica por conta dela ajuda-lo. Ela pede que você a encontra na mansão de Kiel Hyre depois.
Agora um print, para darmos uma aliviada no texto puro:
Sim, perco o clima mas não perco a piada -q

vou editar e continuar a post pela manhã ~
A partir daí falamos com o Kiel, as conversas com eles são muito grandes então de vez em quando vou resumir algumas coisas:
[Kiel Hyre]
"Kiehl é meu único filho, mas o amor da minha vida morreu assim que deu a luz a ele. Eu admito que ele é um gênio em design mecânico e desenvolvimento.
Ele é altamente responsável pela criação da terceira geração de robôs como Elly.
Infelizmente, ele está tentando modificar suas criações para algum propósito sinistro.
Eu tentei pará-lo, mas acabei ficando trancado dentro da fábrica.
Não sei porque ele quer fazer isso. Ainda não tenho absolutamente nenhuma pista...
Andei pesquisando robótica por 32 anos agora. Tenho orgulho de dizer que tive sucesso onde o grande sábia Varmundt não teve.
Era meu sonho em desenvolver robôs humanóides de humanos. [Ele fala dos guardiões*, que eles não tem vontade própria então não seria a mesma coisa.]"
Ele pede que você pergunte a Allysia se quiser saber mais sobre robótica, e menciona que o broche encontrado junto a Elly tinha o emblema de Kiehl entalhado nele. E que o homem de preto que andara perseguindo as estudantes provavelmente Kaiser, guarda-costas de Kiehl.

Saindo da mansão, inesperadamente um infeliz te acerta com um pedaço de pau você é atingido e desmaia.
Acordando em um lugar estranho, somos interrogados por uma mulher misteriosa. Depois de muito bate-papo ela abre o bico nos revela como Kiel enriqueceu:

Basicamente, ele começou com uma pequena loja na cidade de Einbroch, e enriqueceu aos poucos até ser encontrado pela Corporação Rekenber**, que deu um salto em sua fortuna. Não há registros do nascimento do filho de Kiel Hyre, que apareceu repentinamente. Mas que ainda sim Kiel pode ter tido ele com sua secretária Allysia, mas ninguém tem certeza.( ͡° ͜ʖ ͡°).
Seu filho e herdeiro Kiehl ajudou o pai a estabelecer a academia como forma de repagar a sociedade. Vários espiões tentaram se infiltrar na academia mas todos foram rejeitados. e você entra la falando que vai entregar um vinho. -q Ela fala do desaparecimento do velho e de uma reunião com a corporação para o anúncio de um novo projeto. O fato do envolvimento com a corporação Rekenber sinaliza que não é boa coisa.
Fora isso, Mitchell (o nome da mulher misteriosa) menciona que um mulher de idênticos nome e aparência da secretária de Kiel, Allysia, cometeu suicídio 30 anos atrás. E ela pede que investiguemos isso.

Na cidade de Yuno, falamos com uma vovó estranha. Ela chama por Allysia, como se a visse diante de si.
Bem próximo está mais uma velha senhora, que diz que a outra perdeu a sanidade após o suicídio da filha. Esta era a melhor amiga de Allysia antes do incidente. Ela lhe entrega um molho de chaves, as quais abrem a mansão Rosimier.

Dentro da mansão são achadas duas cartas endereçadas a Allysia e duas fotos.

Bonita a Allysia, não?

Primeiramente achamos uma carta com as iniciais K.H.:
[Carta]
"Por favor, não acredite no James, tenho certeza de que ele está mentindo. Eu sou o único que a ama de verdade.
Posso ser pobre agora, mas assim que concluir minha pesquisa com sucesso, eu serei ainda mais rico que ele! Eu imploro, venha me ver esta noite no lugar em que nos encontramos pela primeira vez. Estarei esperando. --K.H. 19 de agosto."


Logo depois achamos um bilhete de James:
[Bilhete]
"Minha Adorada Allysia, acredite em mim quando digo que fiquei tão surpreso quanto você ao saber que minha família tinha arranjado um casamento entre eu e a Senhorita Cerinee.
Desculpe-me por ferir seus sentimentos, mas decidi que você é a pessoa que quero ao meu lado. Encontre-me amanhã á noite e então fugiremos para finalmente ficarmos juntos, meu amor. --James, 19 de agosto."

Minha nossa, como essa mulher era disputada e.e

Voltamos a falar com a amiga de Allysia, ela diz que você deveria ver o pescador que vive ao sul da academia.

O pescador diz que na noite de 20 de agosto, ao invés de pegar peixes no rio, pegou um cadáver. Super normal. Ele reportou á polícia de Yuno, a qual disse que a mulher se matou, já que disse que tinha sido traída por seu amante, que por acaso era também seu empregador. Quando estava retirando o corpo do rio, o safado homem pegou discretamente um anel que o corpo de Allysia continha em suas mãos, esperando vendê-lo mais tarde. No mesmo dia um jovem lhe ofereceu uma bolada pelo anel, o qual gastara todas as suas economias na compra desesperada. Ele menciona o nome parecido com Heil, ou Hyre; e que sua casa antiga ainda está de pé por aí.

Olhando a casa achamos um retrato que se parece muito com uma versão jovem do velho Kiel:
Ele era bonitinho...
Voltando á mansão falamos finalmente com Kiel.

Os diálogos agora serão longos e importantes, e isso é um problema, não? eu vou tentar resumir ao máximo.

Você insinua que a mulher de 30 anos atrás fosse a mulher que ele amou Oh, rly? nem notei que tem cópias dela como sua secretária. ¬.¬. E Também diz que ele possivelmente Ficou numa épica FriendZone era pobre e apaixonado pela moça, que preferiu um homem rico a ele Pobre soldado.... Entretanto, o homem se casou com a prometida. Sentindo-se traída a mulher pulou no rio e se matou. Mais tarde Kiel se juntou á corporação Rekenber para se vingar de Rosimier.

Kiel diz que isso é ridículo, mas admite ter feito suas secretárias com aparência e nome de Allysia e finge lembrar dela muito vagamente.

Você mostra a carta e o retrato á Kiel, diz ter falado com o pescador e sobre ele ter comprado o anel de Allysia anos atrás.

Ele admite te-la amado 30 anos e esse ser o motivo da semelhança de seus robôs, e que nunca poderia esquece-la. Entretanto nunca faria nada para ferir os Rosmiers. De fato odiou James quando jovem, mas as coisas mudam. Não derramara uma lágrima quando caíram, mas também não teria sido capaz de lhes causar mal nem se quisesse.

Nisso mostramos os retratos e o bilhete de James Rosmier. O qual diz que não prova nada e que nada traria Allysia de volta. Pedimos que ele olhe a data do bilhete, o qual pedira para fugirem juntos, e no dia seguinte o cadáver era encontrado. Kiel admite ter matado Allysia, e que não foi fácil, ela realmente lutou contra ele! mas no final foi o que conhecemos. Kiel não fica bravo com sua descoberta, só pede que o ajude com o problema do filho.


Agora mudamos de assunto, Kiehl lindo vira nosso alvo, e temos que pará-lo para o velho.

Ele diz que criou Kiehl como seu próprio filho, mas falhou em educar o pequeno prodígio com moral e ética humana. Kiehl estava transformando os robôs em máquinas de matar. Por isso ele tentou colocar o restante dos robôs na academia, para que aprendessem o comportamento humano. A academia teria atrasado os planos do 'filho', mas não o impediu de ter sucesso. Ele que implora que pare Kiehl, e diz que vê suas criações como próprios filhos.

Hyre informa que Kiehl está no subterrâneo da mansão, e que o anel foi o começo de tudo: Ele o colocou no coração de Kiehl para que nunca esquecesse o que o Rosmiers fizeram para ele.

A partir daí você passa por mapas perigosíssimos até chegar a Kiehl.


Agora vou postar mais uma imagem, desta vez de Kiehl logo que o encontramos.
Lindo -q vem nim mim -q

Ao ter o tão esperado encontro com esse gostoso Kiehl, você o questiona sobre o trabalho macabro. o qual responde calmamente:
Obs.: Vou trocar "Normando" por "Humano", para evitar confusões, pretendo explicar isso uma outra post.

[Kiehl]
Foi dito que o homem foi feito á imagem de Deus.
Bem, robôs foram feitos à imagem do homem. Vocês humanos matam uns aos outros tanto quanto podem, até onde sei.
Pode não ser ético para eu prover armas para humanos que precisam delas...
Mas o que elas são?
Armas. É mais humano para robôs lutarem que humanos.
Robôs não sentem naturalmente dor ou emoções. Não até que especificamente programados. Desculpa mas não planejo parar o que estou fazendo.

Insistimos falando que a humanidade pode não ser perfeita, e pedimos que pense para quem está trabalhando, "A corporação Rekenber é 'O resumo do mal humano'!"

[Kiehl]
Tive um grande relacionamento com Rekenber. Estou totalmente ciente de suas capacidades. Você lembra do primeiro quarto que passou à caminho daqui, o que tinha todos os brinquedos? (está no print ali em cima)
Apposto que não sabia que lá estava 5 robôs da segunda geração. Eu e meus quatro irmãos e irmãs. Papai construiu aquele quarto para que todos os cinco pudessem viver juntos.
Eu sou o único que sobreviveu. Eu retornei para papai e até consegui um nome. Mas sim, eu sei o quão ruim Rekenber realmente é.

Ele pede que vá embora e não quer falar nisso, nessa hora aparecem nossa amiga do pedaço de pau e seus camaradas Mitchell e os agentes da república de Schwaltzvalt um biscoito pra quem pronunciar isso -q para prender Kiehl por negociar armas ilegais.

Kiehl ainda com um sorriso leve no rosto brinca dizendo que nunca teve tantos convidados antes, diz que seria uma pena lutar contra você mas diante das circunstâncias.. Prende Mitchell e seus agentes para que vocês possam ter um duelo adequado, interessado em ver o quão forte você é.

Vencido o duelo que não foi bem um duelo, a maioria leva um grupo pra matar ele Kiehl ressalta que ainda possui trunfos sobrando, e que lhe levará para o inferno com ele, 'se robôs puderem ir para lá~'. Mitchell alerta que o quarto começa a desmoronar.

[Kiehl]
Yay~Vamos queimar tudo abaixo~ eu tive que colocar isso aqui -q

Nisso você usa o dispositivo dado por Kiel, que deixa o jovem robô imobilizado. ele diz que então é hora de usar um outro trunfo. Uma voz misteriosa surge:

[????]
Estou tão desapontado...
Não posso acreditar que ninguém de vocês pensou nisso...

-Mitchell diz para ele mostrar logo a fuça -q

Por favor, não me insulte.
Você conhece essa voz, esteve falando com você o tempo todo ~

[Mitchell]
Impossível! como podem ter dois de você?!

[Kiehl]
Hahahahaha!
Eu sou um robô!
Posso fazer corpos extras trocar de cérebros com eles. É extremamente conveniente, se quer saber oh, rly!?

Ele diz que não quer aparecer mas acha que pode revelar o trunfo final, ele sabe tudo sobre a nossa querida sequestradora do pedaço de pau amiga Mitchell Layla~
Nisso um dos homens mascarados se revela e começa a falar com Mitchell, ele é um espião e o mesmo mencionado por Kiel antes: Kaiser.

Depois de todo aquele drama de traição,Kiehl os interrompe e diz que o lugar vai sucumbir em cinco minutos, diz que levará Mitchell pois tem perguntas a fazer, então pede para Kaiser escolta-la.

[Kiehl]
Ótimo, acabamos aquele negócio feio. Agora, onde eu estava. Ah sim. Sim, Desculpe. Não temos mais tempo para brincar.

Ele lhe entrega o anel, e diz que o corpo lhe serviu bem por 23 anos. aí sabemos a idade dele :v. Diz que seu novo corpo foi feito da mais ata tecnologia, a qual nomeia quarta geração; Corta relações com o pai, Kiel. Kiehl diz que você é um oponente valioso e que tem o respeito dele, nisso ele abre a saída para que evacuemos.

Você volta a falar com o velho e explica o que aconteceu. conversa um pouco com ele e ele lhe dá acesso 0800 livre para investigar a fábrica.

*Guardiões: Espécie de robô utilizado em guerra e na defesa da guerra do empérium.
**Rekenber: Corporação focada na evolução com fundos macabros [Veja Mais] é tipo aquelas corporações macabras que se você tenta sair de lá eles te matam

Elly    |    Allysia    |    Kiel Hyre


Bom, meus queridos, a post ficou muito maior, graças aos 361 prints que tirei da quest toda. Demorei dois dias fazendo e se você conseguiu ler até aqui, meus profundos agradecimentos! eu não sei, mas quem sabe eu tento explicar simplificadamente em outra postagem resumidamente. Um beijo!

Agora, uma imagem que eu AMO:
Vamos concordar... Ele é lindo -q

14 comentários:

  1. Eu conseguiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, me sinto um campeão, demorei 3 horas KKKk (contando pausas e saida do trabalho para casa :v)
    Enfim, eu não jogo Ragnarok, mas essa história toda me deu vontade, vai que talvez eu jogue @u@
    Bom, eu adorei a quest, me fez lembrar Chrono Trigger, me deu vontade de jogar rpg novamente (tirando Digimon World 3, pois eu ainda jogo KKKK)
    Essa história é cheia de reviravoltas, romance e friendzone KKKKKK
    Enfim, adorei, e até salvei a última imagem no computar KKKK
    Enfim, fui, eu queria comentar mais mas não sei o que falar KKKK
    Tchau
    ~Nippan~

    ResponderExcluir
  2. OMG alguém leu ;~; #sintoquemeuesforçovaleuapena
    Oh, se for jogar eu te passo o server em que jogo \o/
    as quests de rag costumam ter histórias lindas (eu fiz umas esses dias -.-)

    Kiel: a história de um soldado que não aceitou a friendzone auehauheuaheuaeh

    obrigada por comentar! o/

    ResponderExcluir
  3. Amo essa quest, com certeza foi uma das que mais me deixou arrepiado, depois da "O Chamado" claro *o*, a BGM do local, as Alicels e Aliots aparecendo e dropando os cartões pra continuar a investigação dentro da fábrica, foda *o*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooh, eu também! Sim, são demais! Inclusive, eu passei sérios apertos para conseguir chegar no Kiehl, haha!
      Sim, além da história bem elaborada, eles os personagens são excepcionais!

      Excluir
  4. Izayoki, seu comentário foi respondido lá no Senbonzakura ♥


    Kisses, Akemi.
    http://projetosenbonzakura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada! eu ja estava indo la olhar, haha XD

      Excluir
  5. É de todas a minha quest preferida, me deu até inspiração pra escrever um mangá shoujo/shounen de sci-fi com esse visual meio antiquado. Que como meus amigos que ouviram essa história disse: 1000% mil tretas.
    Gostei muuuuuuito como vc resumiu a história e que compartilhamos um coisa: O Kiehl é muuuuuucho totoso~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, se realmente chegar a escrever, por favor não deixe de compartilhar! Adoraria ler um mangá inspirado nessa quest <3
      "1000% mil tretas" Sem contar que temos uma história de friendzone incrível :v

      Obrigada! Desculpe pelos erros de ortografia e digitação, revisar realmente iria demorar demais, e convenhamos que desestimularia bastante aquele sentimento de "deu trabalho, mas valeu à pena, let's postar isso!"

      Oh sim, Aquele lindo! <3

      Excluir
  6. Então, estava matando tempo e acabei encontrando seu blog. Achei bem interessante ele e gostei bastante em saber dessa "Ala Ragnarok", já que sou fã do jogo e das histórias contidas nele. Qual servidor você joga? Espero que continue com investimento nessa ala ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É ótimo saber que alguém gostou dessa post! Faz tempo que não posto nessa ala, mas pode deixar que vou trabalhar nisso!
      Sobre o servidor, confesso, sou meio nômade de servidor aushuahs, no momento estou no TGGRO, mas não pretendo ficar lá por muito tempo~

      Bem, obrigada pelo seu comentário! Abraços.

      Excluir
    2. Eu jogo um servidor Old TImes, não tem nem transclasses. ele se chama Remember-RO, é bem lgl. Caso queira jogar. Será bem vinda

      Excluir
    3. Hmm. Vai ser difícil chamar o povo, mas posso tentar~ Qual o rate do servidor?

      Abraços.

      Excluir
    4. desculpa a demora pra responder, tinha viajado. o rate é 30x/30x/30x

      Excluir
    5. Sem problemas, como foi a viagem? ^^
      Hm.. Eu estava atrás de um rate um pouco mais alto. De qualquer forma vou dar uma stalkeada no site, obrigada! ~

      Excluir

O Kitsune agradece por você deixar uma lembrancinha da sua presença aqui \(•w•\)

Kaomojis↓
☆ミ(o*・ω・)ノ (^. _. ^) ノ (。・д・)ノ゙ (-_-)ゞ゛ (‘◇’)? (´;ω;`) ( ≧Д≦)
(╥﹏╥)o (*゚ー゚)ゞ \(///Σ///)\ (//・_・//) (⊙﹏⊙✿) (*・∀・)/\(・∀・*)
_(:3 」∠ )_ ᕙ(⇀‸↼‶)ᕗ (^・ω・^ ) ╮(─▽─)╭ ¯\_(ツ)_/¯

Parceiros

Em Espera:

Free Fox wag MySpace Cursors at www.totallyfreecursors.com