quinta-feira, 27 de outubro de 2016

HIATUS

| | 9 ⇾Comments⇽
Olá, meus amores. Eu gostaria de gastar meu tempo sobrante assistindo animes e postando aqui, mas a carga horária do colégio e mais o Exame Nacional do Ensino médio me impedem de acompanhar animes e, consequentemente, ter conteúdo pra pra postar aqui. As traduções também tomam bastante tempo e eu não queria deixar vocês sem satisfações. Nas próximas semanas Izayoki vai iniciar aquele plano de metas básico de 2 em 20: Dois anos em 20 dias.
Por favor, sejam pacientes!


Um beijo e um queijo! ♥


[EDIT] ESTÃO CHOVENDO PROVAS DE TODOS OS LADOS!

Desculpa, gente, mas eu vou ter que adiar por mais um tempo. Meu colégio é do tipo que simplesmente não se importa se o aluno possui algum tipo de vida ou pseudovida fora dele. E, em consequência disso, eu preciso ficar fora por mais um tempo por conta de provas.
Volto por volta de dezembro, esperem por mim e não me esqueçam! \( ≧Д≦)/


Um beijo e um queijo² ♥ [/EDIT]

domingo, 9 de outubro de 2016

Temporada de Outono 2016 (Part.1)

| | 2 ⇾Comments⇽
FINALMENTE. CONSEGUI. POSTAR.
Olá, como estão? Espero que bem. Eu queria pedir desculpas por não postar antes; além das provas, eu meio que fiquei doente, então eu comecei a post e fui dormir. É. Na verdade eu ainda estou nos antibióticos, mas não me sinto mal; Aliás, não estaria me sentindo se não tivesse dado jeito no pescoço enquanto dormia, e agora não consigo mexer. Ô, vida.

Bem, vou tentar compensar com uma tradução na próxima sexta, mas dessa vez escolhi uma música um pouco maior, não prometo nada. c':
• ♠ • ♠ • ♠ •

Bloodivores

Um grupo de amigos é preso ao assaltar um banco e acusados de matar quinze pessoas no processo.
O anime começou bem mediano; pensei que pela primeira vez não veria uma protagonista com aquela aparência que não fosse inútil, mas acho que me equivoquei. Bem, só há dois episódios, não tenho como julgar isso agora. O anime é bem mediano, a animação também, não me lembro nada pra ressaltar ou reclamar. Marquei ele inicialmente porque geralmente animes com vampiros são interessantes, mas pareceu mais um adendo ao universo do que um foco. Isso é bom, de certa forma, mas espero que seja melhor aproveitado daqui para frente.

Touken Ranbu: Hanamaru

Esse foi um dos animes que eu mais estava esperando, aliás, acho que o que eu mais estava esperando desta temporada.  Esse anime se originou de um jogo chamado Touken Ranbu (Eu comecei a preparar uma post sobre ele, mas daí eu fui deitar. c': )
A história se passa no seguinte cenário: No ano de 2205, quando a viagem no tempo tornou-se possível, um exército começou a enviar exército para o passado a fim de mudar a história. Para evitar isso e proteger a história; Saniwa, que tem o poder de impregnar vida em objetos é escolhido(a); e sua maior força para essa  guerra são os Touken Danshi, isto é, a personificação das espadas japonesas.
A animação me surpreendeu bastante, eu não esperava grande coisa comparado ao anime que a Ufotable vai lançar da série em 2017, também não esperava muita ação e sim um slice of life com comédia, contudo, tem ação sim. Vi uma ou duas cenas que poderiam ter ficado melhor (Mas, sejamos justos, eu vi o episódio três ou quatro vezes, não achar nada é quase impossível.)

Ao Oni: The Animation

Tá aí um anime que me decepcionou bastante. Pela imagem de divulgação eu não deveria esperar muita coisa, mas só a notícia de um jogo de RPG Maker ganhando anime já me deixou eufórica. É uma pena que sejam só curtas de três minutos e sem nenhum teor de seriedade, aliás, o anime é basicamente uma piada sobre os acontecimentos do jogo. É válido, mas eu realmente gostaria que fosse um plot sério, como no live action, por exemplo. 
• ♦ • ♦ • ♦ •
Bem, gente, é isso! Eu assisti a outras estreias também, mas prefiro falar só de alguns de cada vez, até porque da última vez que tentei falar de todas elas numa postagem, fui obrigada a deividir porque atingi o número máximo de marcadores. É.

Espero que tenham gostado, um beijo e um queijo! ~ ♥

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Tradução: Ajin (Opening)

| | 2 ⇾Comments⇽
ESTOU DE VOLTA, FINALMENTE! Primeiro de tudo, gente, eu queria dizer que não vou vagabundagem minha dessa vez, simplesmente estão brotando provas no meu itinerário como brotam ervas daninhas; e eu ainda viajei no fim de semana passado, então.. É isso. Eu gosto de postar traduções sempre às terças-feiras, mas ficar mais uma semana sem postar seria no mínimo inaceitável, já que arrumei um tempinho, então. É isso, vamos à postagem real:

Eu fiz a tradução dessa música há um tempinho, e, na época, as traduções eram bem confusas. Como sempre, eu pesquisei o máximo de opções que pude em relação aos kanjis usados e dei uma revisada antes de postar aqui pra ver se não tinha nada a ser corrigido. Espero que gostem! (Até porque eu gosto bastante dessa música ♥ )
Yoru wa Nemureru Kai?
Flumpool

Você dorme profundamente?
As feridas já se curaram?
Só porque está sozinha à noite,
não tente se destruir com tudo o que chegar às suas mãos.

Mesmo nos seus sonhos
Mesmo se as estrelas gritarem*
Será que eles morrem sem nem mesmo saber?

Você consegue se esconder bem?
Consegue ocultar sua respiração?
Só porque é doloroso agora,
não se force a mudar por nada
Mesmo bravos guerreiros,
mesmo ovelhinhas preocupadas;
Desviam-se de seus caminhos para sobreviver!

Suportando tudo
Para não ser notado
A trajetória dos meus pensamentos ainda não parou.

Esta noite: Fugir e Fugir
Parece mentira
Alguém, por favor, segure esta mão!

Tudo bem: Mesmo se vier um amanhã que eu não possa ver
Agora, eu só quero dormir...

* 泣く (Naku) Pode ser traduzido como "choro" ou "grito".
• Textos em itálico: inglês. (Run away)

domingo, 28 de agosto de 2016

🎇 6 Anos!!! + Especial Shinsengumi 🎇

| | 7 ⇾Comments⇽
❅ • ❅ • ❅
Olá, meus amores! Como vocês estão? Espero que bem. Hoje, bem, como o título sugere, é o aniversário do blog; waai, waai!
Eu fiquei pensando no que fazer hoje; porque, sinceramente, eu nunca sei bem o que fazer no aniversário do blog... É como, sabe, constatar um fato. Estou aqui há seis anos e sem a menor intenção de ir embora, então... Por que não escolher um tema pra incrementar a post? Achei que seria legal; E, diante de tantas opções, eu decidi de última hora. Porém, contudo, todavia; eu não vou entrar nesse tópico agora, antes eu queria falar um pouco — ou, talvez, de novo — sobre a história aqui do blog. Algumas pessoas já deixam isso em páginas separadas contando toda a história brilhante da ideia de criar um blog e seus nomes mirabolantes e o Kitsune... Bem, não é uma história tão brilhante assim, mas não é ruim. Vamos começar?

sábado, 20 de agosto de 2016

Vamos falar de sentimentos? — Natsume Yuujinchou

| | 4 ⇾Comments⇽
O que dizer desse anime que fez tão bem e tão mal pro meu emocional?

Vocês esperavam outra tradução, mas era eu, outra análise! Então, como vocês estão? Espero que bem. Hoje vamos falar de mais um anime antigo; waaai, waai! Eu me pergunto se vocês já conheciam Hakuouki antes da post e quantas pessoas convenci a ver, hahaha. Acho que eu deveria começar com uma sinopse, então... Vamos lá:
• ♣ • ♣ • ♣ •
Natsume Takashi é um adolescente capaz de ver Youkai; Entretanto essa habilidade sempre foi mais um fardo do que um dom, e isso o levou a mantê-lo em segredo absoluto de todos os que conhecia, mesmo sendo chamado, perseguido e assombrado. Tendo perdido seus pais ainda criança, Takashi foi passado de parente em parente até chegar à casa dos Fujiwara; onde, por algum motivo, os Youkai são mais agressivos do que o costumeiro.

Ao fugir de um desses Youkai, Natsume tropeça e acaba quebrando o selo que prendia um muito poderoso: este é Madara, que lhe pergunta se conhece o "Livro dos amigos"(Yuujinchou), Livro este que contém o nome de vários youkai em sinal de subordinação; livro esse que foi criado por Natsume Reiko, avó de Takashi, e que ele herdara.
Há mais coisa que eu poderia pôr na sinopse, mas embora seja um anime grande, eu não quero resumir o primeiro episódio inteiro na sinopse. Bem, vamos à análise técnica da titia Izayoki:
• ♣ • ♣ • ♣ •
♦• Natsume Yuujinchou não é um anime cheio de ação e conversas durante as lutas, mas sim um anime feito para que você não só assista, mas sinta junto com os personagens. É, portanto, muito envolvente pela parte psicológica e não visual. ou seja, não esperem explosões e poderes bolas de fogo saindo das mãos de ninguém.

♦• É um anime que começa bastante episódico, isto é, os episódios apresentam um foco na história próprio, mas eu não diria que é de fato assim, já que com o passar das temporadas ele perde quase completamente essa característica, gradualmente, no entanto. Ainda assim não recomendo que pulem episódios, porque o lindo é você ver o personagem se desenvolvendo, refletindo, e entendê-lo conforme o tempo passa, assim como o resto do elenco.

♦• A animação. Como não é um anime com muita ação, não exige muito e eu considero muito simples e bonita. Até porque acho que qualquer anime que não use CG ganha muitos pontinhos comigo nesse quesito.

♦• Como disse antes, embora isso evolua com o tempo, o fato de ser episódico o torna um pouco monótono na primeira temporada, mas não se preocupem, a partir da segunda fica mais fluido e confortável de assistir.
• ♣ • ♣ • ♣ •

♥ O Protagonista ♥

Assim como boa parte do elenco, maravilhoso. Takashi é um personagem pelo qual eu realmente me apeguei.
A construção do seu psicológico foi muito bem elaborada, ele não é aquele tipo de personagem que depois de um trauma pira ou se fecha pro mundo, nem aquele diferentão que quer se mostrar. Ele é só... Ele. É humano, reflete, erra, erra de novo e acaba aprendendo — ou não — com seu erro. O que o leva a tomar certas decisões foi fruto de tentar e receber o retorno que recebeu, foi fruto dos valores que adquiriu pra si.

Ele é, sem dúvidas, o personagem que eu mais me apeguei no anime e um dos  que eu provavelmente mais me apeguei em bastante tempo. Junto com o Souji, R.I.P Souji.
A partir daqui eu não me responsabilizo por spoilers, leia se desejar ♥.
• ♣ • ♣ • ♣ •
Eu conheci Natsume Yuujinchou... Bem, no Zerochan. Em uma imagem que reunia vários "gatos" de animes, na época acho que estava a lançar a quarta temporada, então eu inocentemente cliquei achando que fosse a primeira, fiquei confusa e parei por lá. Aqui estou eu, quatro anos depois, assistindo tudo desde o início e comentando com vocês. Particularmente eu acho que foi bom, eu não creio que me emocionaria tanto quanto como agora. Até porque convenhamos que eu não era uma criança muito emotiva, eu era quase uma pedra de gelo.

Se tem uma coisa que você aprende com essa autora, desde Hotarubi no Mori e, é que ela sabe como mexer com o as pessoas, e explora muito bem isso. Foi um anime que conseguiu fazer eu me sentir um pouco triste por cada sorriso falso, por cada desencontro ou despedida; E, ao mesmo tempo, muito feliz por cada conclusão que fosse... Bem, feliz, né? Não se trata de amor como um romance, se trata mais de... Sentimentos. Tristeza, preocupação, amizade, solidão... Tudo isso e muito mais, tudo o que pode compôr uma pessoa não foi ignorado na hora de criar os personagens. Mesmo os youkai sentem; em sua perspectiva, em seu tempo, mas sentem.

Algumas vezes é levantado o fato de que a vida humana é curta e frágil, e isso é abordado. Muitas vezes alguém que estava lá há poucos momentos, pode não estar mais quando você piscar os olhos, e muitos eles não vão mais poder responder quando você chamar. Caralho, vocês têm noção do quanto isso é triste?

Esse anime conta histórias lindas, realmente bonitas e que poderiam, às vezes, serem adaptadas em uma série só sua, mas isso a tornaria, de certa forma, vazia, porque seria só aquilo e mais nada. Embora haja muitos animes assim e nem todos sejam ruins, eu acho que Natsume Yuujinchou é extremamente rico por tê-las reunidas em um só lugar e ainda conseguir fazer com que envolvam-se com o protagonista, ajudando no seu desenvolvimento, aliás, no desenvolvimento de ambos.

Bem, acho que já falei bastante, e por hoje é só. Espero que tenham gostado e que assistam, porque esse anime é realmente maravilhoso.
• ♥ • ♥ • ♥ •
Então, é isso. Um beijo e um queijo ♥

Vocês já repararam que eu repito muitos termos e palavras? Eu acabo esquecendo do que digitei há poucos momentos e então acabo por colocá-los de novo. É uma vergonha toda vez que releio uma post.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Kizumonogatari e Hotarubi no Mori E — Decepção e emoção

| | 4 ⇾Comments⇽
♥ Primeiramente, meu OTP
♣ Segundamente, o que acharam do Layout? Uns amigos me disseram que dá uma sensação de "casa de vó".
♠ Ps: Acredito que pelo menos alguém aqui esteja joganod Pokémon Go. Qual team vocês pegaram? "Eu traí minha família e fui pro Mystic. Agora estou sofrendo bullyng."
Antes de começar a análise, de novo, eu gostaria de dizer que foi anunciado um anime do jogo Ao Oni. Se eu tô gritando? Ò se tô. ~vocês podem conferir a página no myanimelist no link e a princípio será para a próxima estação ~ ♫ A May fez uma post bem antiga "em que todas as imagens estão crashadas, mas o texto ainda existe, então tá valendo", podem conferir aqui.
• ❅ • ❅ • ❅ •

Kizumonogatari I: Tekketsu-hen

Bem, vamos lá. Quanto foi mesmo que esperamos por esse filme? Dois anos? É, por aí.
Primeiramente, vou explicar: Kizumonogatari será aparentemente uma trilogia de filmes e é, notoriamente, parte da série Monogatari, passando-se cronologicamente antes do primeiro anime da série: Bakemonogatari. A adaptação para anime foi feita pelo estúdio SHAFT, que é um dos que eu gosto muito pelo estilo original.

Okay, dadas as informações iniciais, vamos, de fato, ao Kizumonogatari: Eu estava muito ansiosa pra assistir, até porque desde o início de Bakemonogatari, foi deixado aquele mistério de "O que aconteceu, de fato, da Golden Week?" E o intuito da série é retratar exatamente isso.
"—Tá, Izayoki, mas o que tem demais?"
Vamos lá. Desde o início do filme, venho notando cores meio estranhas, os cenários, principalmente. Em Bakemonogatari, esporadicamente, são usadas fotos reais no meio de cenas do episódio; no início é comum estranhar, mas mas você se acostuma, e acha até legal; Afinal, é diferente, e já é usado até para reforçar piadas dentro do contexto do anime. Mas qual foi o problema do filme? Pois é, eles abusaram DEMAIS disso. Não sei se consegui contar mais de três cenários que não fossem fotos simplesmente jogadas ali com o personagem animado em cima.

Agora, à fatídica animação: É, lá vou eu mimizar de novo. Como disse alí em cima, eles exageraram, exageraram a ponto de conseguir tornar o que era legal e 'diferente' em algo com impressão desleixada.
Até boa parte do filme eu pensei "bem, esse é o estilo da Shaft, eles com certeza sabem o que estão fazendo" Mas não foi bem assim. Houve cenas de computação gráfica em simples caminhadas e, convenhamos, computação gráfica é o cúmulo. Cenas muito bonitas e bem trabalhadas apareciam para contrastar a cagada, mas a única impressão que consegui ter disso foi "—O Fausto fez o trabalho direito, mas o Henrico dormiu no expediente e a parte dele ficou sem fazer.
—Ah, rabisca alguma coisa aí que não dá tempo.
"

E, gente, convenhamos, o que não faltou foi tempo. Quem acompanha a série Monogatari pode dizer desde quando esse filme foi anunciado. Sobre o filme todo, a impressão que eu tive foi que, seis meses antes da estreia, chegou um cara no estúdio dizendo "—GENTE, SE ARRUMA AÊ; DECIDIRAM QUE A GENTE VAI FAZER O FILME. TÁ AÍ A VERBA, SE VIREM, A GENTE ESTREIA DAQUI A SEIS MESES.
— ALGUÉM CHAMA O HAROLDO QUE AUTORIZARAM O FILME DE NOVO
—SENHOR, O HAROLDO TÁ DE FÉRIAS
 — NINGUÉM LIGA."
• ❅ • ❅ • ❅ •

Hotarubi no Mori e

E, da mesma autora de Natsume Yuujinchou, temos aqui mais um filme que é bem a cara dela: Fazer você se sentir feliz e, ao mesmo tempo, muito triste.

Eu assisti Hotarubi no Mori e há alguns anos, e, como fazia muito tempo e eu provavelmente não falara dele aqui e não queria só falar de Kizumonogatari, resolvi assistir de novo pra vir aqui falar dele pra vocês.
Bem, vamos lá, o filme foi lançado em setembro de 2011 e conta a história da relação de Hotaru com Gin, um amigo que conheceu quando se perdeu na floresta próxima à casa de seu tio enquanto passava o verão lá, aos seus seis anos de idade.
Gin, entretanto, tem um corpo muito frágil e não pode ser tocado. O que não impede que eles se tornem grandes grandes amigos e esperem ansiosamente pelo verão de todos os anos para que possam se encontrar.

O estúdio é o Brain's Base, o mesmo de Natsume Yuujinchou, que atualmente está animando Servamp e animou a primeira adaptação de Durarara!
É um estúdio mediano, não vejo ou lembro algo que eu possa reclamar; não que animes nesse estilo exijam todas as proezas possíveis da animação conhecida; mas, pelo menos para mim, ficou agradável. Não vi nenhum erro que chamasse atenção; aliás, sequer notei algum. Talvez por estar entretida com o filme "ou com comentar dele com um amigo que estava a assistir comigo", ou mesmo pela animação ser simples e isso a tornar mais fácil de ser minuciosa. Até porque se um cara tá animando uma explosão, eu não acho que ele vá se preocupar em fazer cada fibra do músculo do indivíduo sendo destroçada e ainda se preocupar com o que acontece no fundo da cena.

Bem, voltando ao filme: ... Eu sempre acabo não falando o que eu quero para não dar spoiler e acabo não dizendo nada interessante? Talvez. Bem, gente, eu poderia dizer "Se você gosta de drama, você vai amar esse filme!" Mas, vejam bem, eu não gosto de drama e eu amo esse filme. Ele definitivamente me afetou bem mais que muitos animes de drama que as pessoas me disseram que choraram feito crianças e eu fui confirmar e foram decepcionantemente chatos. cof cof ano hana cof cof angel beatscof cof -q
Então, se você gosta de drama, assista; Se gosta de romance, assista também; e se gosta de sobrenatural, também. Não despreze nenhum desses, só dê uma olhada, são quarenta minutos de filme e eu tenho certeza que vocês já perderam muito mais tempo que isso num banho, assistindo gameplay ou saracutiando procurando pokémon. >_>.
• ❅ • ❅ • ❅ •
Agora, titia Izayoki vai grulhar coisas aleatórias pra vocês, goyukkuri. :v

Sabe, gente... Vocês já ouviram falar daquelas pessoas conhecidas como "acumuladoras"? Que não conseguem jogar nada fora? Um dia um dos meus parentes comentou comigo isso, sobre eu colecionar muitas coisas inúteis, de moedas antigas à embalagens; bom, eu não nego que sou assim. Mas preciso chamar de um jeito mais cool: Pode-se dizer que eu tenho espírito de personagem de RPG. Porque eu guardo as coisas mais aleatórias com aquele pensamento de "isso pode ser útil mais tarde". E assim eu tenho feito. Juro que qualquer dia tiro uma foto da minha coleção doentia de vidro de descongestionante nasal vazios. "—Quê?" É.

Aliás, esses dias eu fiz uma coisa que nunca achei que faria na minha vida: Coei café em um guardanapo de papel. Pois é, no desespero de ficar acordada, você faz umas coisas bem nonsense. "Sim, hoje eu tô afim de tagarelar depois das reviews." A propósito, funcionou. -q

Aliás, só mais uma coisa, será que algum de vocês sofre com o mesmo mal que eu sofro de ter aqueles pensamentos absurdos seguidos por um choque de realidade? Tipo... "Nossa, eu to com um gosto de vômito na boca, talvez eu deva gargarejar com aquele álcool em gel ali... Pera; se eu fizer isso, eu morro." Eu acho engraçado, mas no fundo tenho medo de pegar um dia em que eu esteja tonta de sono e faça alguma merda.
 Porque colocar sabonete líquido no lugar da pasta de dente eu já coloquei. Não foi uma boa experiência. Não façam isso em casa.

Pronto, agora que já falei para caralho, finalmente, um beijo e um queijo ♥!
• ♦ • ♦ • ♦ •
Aos fãs de KagePro: Hoje é um bom dia para morrer.


quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Temporada de Verão 2016 (Part...3?) + Meme que furtei da Mi

| | 4 ⇾Comments⇽
Aquele momento em que você acorda com uma música que você detesta na cabeça.

Olá, meus amores ♪ Estou atrasada? Estou sim. BUUUT! Esto de férias! ♫♪
Então, é o seguinte, como passou-se um tempinho, deu tempo dos animes saírem e eu dar uma olhada neles, dropar e etc, acabou só sobrando dois [EDIT] Dois não, assisti mais um hoje de tarde, então são três. [/EDIT] pra eu falar na parte três. (Lembrando que não estou considerando as "novas temporadas", como Arslan Senki e Danganronpa)

Hitori no Shita: The Outcast

Aparentemente uma história chinesa que teve sua animação no japão. Ultimamente, não sei se de repente os fansubs começaram a se interessar ou se simplesmente entraram com tudo no mercado, mas tem havido bastante incidente de animes chineses sendo legendados e postados.
Hitori no Shita, no entanto, foi realmente produzido no japão, como sugere a dublagem. Sobre o anime em si.. O que eu achei mais legal foi a abordagem do "zumbi tradicional", verdinho, lento e, de fato, um morto-vivo saído da tumba. Mas, de resto, tem um apelo de "piadas" bem... Como posso dizer? O tipo de piada que você encontraria em um filme de comédia norte-americano. Isso não me agrada nem um pouco. A  animação vai de mediana a ruim, e estou pensando seriamente de vou continuar com a série.

91 Days

Seinen da temporada aeeeeaeaeaeae
91 Days se passa na Itália, na épica da lei seca quando a máfia começara a enriquecer, nosso querido protagonista teve os pais e o irmãos mortos e busca vingança.
Como podem ver, os traços são bem bonitos, a animação... Olha, eu juro que achei uns personagens estrábicos em umas cenas, outro girando parado.., mas a grande maioria eu não diria que é desleixada, até porque, um bom traço salva muita animação ruim, convenhamos. (Computação gráfica não incluída. Isso nada salva.) Enfim, é mediana. O anime não pede tanta ação também, então não é algo que atrapalhe. (Gente, eu zoei a animação mas foram coisas que você tem que prestar atenção pra notar, não achem que ela é ruim, até porque é bem melhor que a do anime de cima)

Kurage no Shokudou

Não é uma série, mas, na verdade, uma OVA cujo primeiro episódio foi lançado em março e disponibilizado há pouco tempo para vermos. É difícil eu achar uma forma de não dar spoiler, mas eu vou me esforçar:
Nosso protagonista é achado "sem memória" na praia por um homem chamado Arashi; Ele o leva para o hospital e o cuida até que sua saúde melhore. Porque se você passar a noite toda na água e não sair no mínimo resfriado, amigo, você é meu herói. Acontece que, bem, nosso querido protagonista não foi completamente sincero com Arashi, e havia um motivo para que ele estivesse na praia naquele dia.
Gente, sério, esse anime me surpreendeu, Ele aborda questões bem... Humanas, na verdade. Eu recomendaria antes AnoHana ou muitos outros dramas que todo mundo diz que são "uma facada no coração" mas, sério, eu chorei mais com a morte do Cheshire em Pandora Hearts do que com a Kanade ou a Menma desaparecendo.  A ideia de simplesmente jogar uma história triste querendo que o espectador "se emocione" raramente vai em afetar; a não ser que eu me identifique muito.
Enfim, muita gente pensou que iria rolar umas viadagens, mas na verdade o que rola são suas lágrimas.
• ♣ • ♣ • ♣ •
Agora, o meme que surrupiei da Mi
TAG : 7 COISAS

domingo, 31 de julho de 2016

TÔ BEM TRISTE, NÃO TÔ FELIZ — Hakuouki

| | 8 ⇾Comments⇽
Essa é mais uma post de desabafo opinião do que de análise, não esperem muitos termos técnicos.
Primeiramente. Por que eu não postei nem passei nos outros blogs: Hakuouki roubou minha alma nos últimos dias, então eu estava meio que... Assistindo o anime, os filmes, as OVAs e o spin-off. "Eu também não vi os animes da semana". Enfim. Apesar do título, eu gostaria de dizer que Hakuouki é sim um dos melhores animes que eu já vi em vários pontos, e eu vou citá-los ao longo da post, então fiquem tranquilos que o spoiler só começa quando eu disser. u-u

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Temporada de Verão 2016 (Part.2)

| | 4 ⇾Comments⇽
(;ω;)
  Opa ♥ Como estão? Espero que bem ♪. Eu tive vontade de postar isso logo que terminei de assistir aos episódios, mas, bem, fazer o quê, não rolou — Até porque eu tinha acabado de postar a parte 1.

D.Gray-Man Hallow

Bem, gente... O que posso dizer? Eu fiquei realmente muito triste com a adaptação. Triste mesmo, eu quis chorar quando vi, principalmente a Opening.
Os traços dos personagens que protagonizam as cenas costumam ser bem trabalhos; ao contrário dos de fundo, que têm uma animação preguiçosa a descuidada. Outra coisa, que já sabia antes mas acho importante comentar aqui: Quase todos — se não todos — os dubladores foram mudados. O que dificultou bastante em manter a impressão da personalidade dos personagens, pelo menos pra mim. O Lavi, por exemplo, eu não consigo mais imaginá-lo tão brincalhão porque agora ele tem uma voz que não consegue alcançar isso.
As Openings de D.Gray-man, pelo menos para mim, sempre foram praticamente utópicas para animes. Conseguiam ter músicas e vídeos maravilhosos, o que não aconteceu no Hallow. A nova "Delicadeza" e coloração extravagante dos traços também tiraram bastante o clima "darkzão" de D.gray. (AKA: Os akumas que eram cinza e azul-escuro estão branco e vermelhos; A capa do Clown Crown que era branca, mas possuía detalhes de sombras, parece mais que é feite de LED. Outro exemplo é a própria Miranda Lotto, que possuída cabelos castanho-escuro ondulados e olheiras, teve o cabelo clareado e mais liso, sem olheiras. )
Então, gente, é isso, eu poderia reclamar bem mais, mas não vou fazer isso. Eu fiquei mais triste ao comparar a versão de 2006~2008 com a nova. A antiga dá um banho na atual em vários pontos.
CONTUDO, PORÉM, TODAVIA, mesmo estando triste com o resultado, eu ainda estou muito feliz em ter uma segunda temporada e vou continuar assistindo SIM, até porque, mesmo estando cagado de várias formas, ainda é D.Gray-man, ainda é a história da Hoshino e ainda é maravilhoso.
Aliás, um dos pontos bons foi que eu não notei nenhum traço de computação gráfica, fiquei muito feliz com isso.
Djisus, isso ficou enorme.

Servamp

Servamp é um anime.. Como posso dizer? Eu diria que se encaixa no termo genérico, mas fazia tempo que eu não via essa temática sendo apresentada de novo — pelo menos sem o apelo de harém ou ecchi, vamos glorificar. — Então eu não sei dizer se ele se encaixaria nesse termo a essa altura do campeonato; aliás, eu gostei bastante do anime, de verdade. Além de apresentar um design bem legal,(O protagonista é simplório, como sempre, mas não acho que tenha como fugir disso.) a personalidade dos dois principais (Kuro e Mahiro) são tão antônimas que se harmonizam. Outros foram muito bem feitos também, como o Sakuya, mas isso é outra história  Uma história com spoiler u-u
Amaama to Inazuma
Aí está o anime amorzinho da temporada, que provavelmente vai ser procedido por Udon no Kuni na temporada que vem, o anime conta o cotidiano de um pai que perdeu a esposa cuidando de sua filha pequena.
A animação, apesar de ser do mesmo estúdio de D.gray-man — o que me deixou um pouco muito triste —, é suave e muito agradável. Porra, TMS; Porra...
As cenas são muito fofas e é um ótimo anime pra relaxar. 

• ♣ • ♣ • ♣ •
♣ Sobre a demora, eu acabei me enrolando por conta das aulas, passei no hospital esses dias, tomei bronca dos médicos; vendi minhas trufas e desabei na cama todas as vezes. Sem contar que estava usando o resto de tempo que sobrava pra assistir anime, então eu acabei não postando, desculpem. 
ヽ(●゚´Д`゚●)ノ゚
♠ Não sei se alguém notou, mas já temos uma prévia do layout de inverno no gadget lá de cima, isso significa que vou tentar terminar um até o fim do mês. ヾ(*´∇`)ノ
♥ Sobre os blogs que eu não visitei esses dias; vou tentar voltar, esperem por mim e não me esqueçam (´;ω;`)
♦ Sobre os animes que eu andei vendo —antigos—, Eu comecei Hakuouki e quero terminar Natsume Yuujinchou. Contudo, acho que Natsume só vou terminar nas férias (ಥvಥ)

Bem, é isso, um beijo e um queijo ♥

terça-feira, 12 de julho de 2016

Tradução: Black Cat (Ending)

| | 2 ⇾Comments⇽
De volta com traduções! Yaaaay \(*T▽T*)/ Eu fiquei em dúvida se postava tradução ou sobre os animes, então.. vai ser a tradução. Deixem os animes para semana que vem e esperem pacientemente Pra me ver chorando por d.gray-man pelas análises semana que vem ( ゚▽゚)/

Como eu tinha dito antes, faria traduções não só dos que ainda não possuem tradução, mas dos que não tivessem uma tradução decente. Então, como Namidaboshi, pelo menos nos sites de tradução da vida, não possuíam nenhuma tradução aceitável, cá está muá.

A Natsumi me ajudou nessa tanto com a tradução quanto com a revisão; Então, muito obrigada ♥ (*^ω^)人(^ω^*)

— Enquanto aguardo pra ver se o Luffy tem tampo livre, vou postar o vídeo do YT —

Namidaboshi
Puppypet

As estrelas do céu são minhas lágrimas
Oh, Deusa da Lua; Oh, Anjo das estrelas
Parem o tempo esta noite!

Mostre sua forma, tudo bem se for só um pouco
Quando puder ver a primeira estrela no céu
Haverão passos se aproximando

Eu só irei te ver
quando o luar surgir

Deixe-me (deixara-me ver)* um (bom)* sonho pálido
Porque mesmo se amanhã for outra ilusão,
Mesmo que eu saiba, é solitário!

As estrelas do céu são minhas lágrimas
Ao beijar seus lábios quentes
mesmo que diga "Não me solte mais"
Parece que vou derreter

Mas já está amanhecendo
"Oh, Deusa da Lua; Oh, Anjo das estrelas
Parem o tempo!" Eu estou rezando.

* Termos entre parênteses são os que foram ditos no fundo.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Temporada de verão 2016 (Part.1)

| | 8 ⇾Comments⇽
Chegando atrasada ♪
Não me joguem pedras! Eu posso explicar. -q
Eu ia postar mais curiosidades, mas não tinha o suficiente pra uma post. Então pensei em postar a tradução de Namidaboshi, como eu posto traduções sempre na terça-feira, seria perfeito! Mas eu acabei fazendo maratona de Natsume Yuujinchou e não traduzi. Então pensei "vou postar sobre Natsume Yuujinchou! Mas primeiro vou limpar meu teclado!" Então iza limpou o teclado dela e ele parou de funcionar. No dia seguinte, quinta-feira, eu comecei a fazer a postagem mas minha internet caiu e não voltou mais; Na sexta, eu cheguei exausta e caí no sono. \ :v / Sábado eu assisti às estreias e cá estou eu para falar delas.

Antes... Vocês já acordaram com uma palavra na cabeça e um sentimento muito grande de interrogação? Aquilo não te deixa dormir e você começa a pensar naquilo assim que fecha os olhos. Hoje isso aconteceu comigo, então eu levantei e fui pesquisar sobre bicicletas ergométricas. (????)

"eu devia ter terminado a post ontem, mas precisei ir ao mercado e voltei com tempo suficiente nem para dormir"

Fukigen na Mononokean

Primeiramente, eu gostaria de dizer que esse anime é MUITO fofo. Sério.
Sobre a animação em si, nem tanto. Eu ouvi falar bem da Pierrot Plus, mas na prática é uma animação bem mediana, sem contar que eles simplesmente tacaram computação gráfica nos movimentos dos youkais. Eles pareceram tentar manter fiel à tradicional, mas realmente não funcionou; eu sinto que seria muito mais emocionante se não o tivessem feito. Não tirando o mérito da história; que, para o primeiro episódio, eu gostei bastante.
Claro que sou suspeita pra falar, porque eu realmente gosto de animes que tratam direto do folclore japonês; mas, sério, deem uma olhada ♥
Eu sempre reclamo ou abordo muito a animação, mas, não é que eu não ligue, mas eu prezo muito mais a história e sempre acabo assistindo mesmo assim— se eu gostar—, abordar sempre a qualidade da animação me faz sentir como se fosse aquelas pessoas chatas de tão seletivas que só veem aquelas masterpieces boladonas da animação. Gente, não.

Berserk (2016)

Bem, já dizendo e antemão: Eu não assisti os anteriores, então, obviamente, comecei o anime entendendo nada com menos ainda. O anime pula uma boa parte que já foi adaptada anteriormente mais de uma vez — O que torna compreensível, já que, porra, é como você escrever o texto pela metade, reformular, reescrever e parar na metade de novo; dessa vez eles só continuaram da metade. Será alguma superstição de nunca prosseguir? Por sorte, um amigo me explicou bem o que aconteceu antes.
Indo direto ao ponto, como insinuei ali em cima, computação gráfica me incomoda muito, ainda mais o anime inteiro assim; Sim, toda animação tem a base em computação gráfica, o que, além de ser feio torna muito difícil identificar algumas coisas. Eu, pelo menos, só consegui identificar a forma correta de alguns monstros pausando o vídeo e olhando com calma. Mas eu sou míope, relevem.
Sobre a história... Acho que a única coisa que eu posso dizer para definir é Pesado. Sério, é bem pesado, eu não aconselharia para alguém que prefere um slice of life ou animes que censuram um joelho esfolado cof cof ReLIFE, cof cof . Falando na desgramada, a censura tá presente sim, mas não tanto quanto alguma pessoas gostariam — Graças a kami-sama — e, pessoalmente, eu gostei bastante do enredo; apesar de não ter realmente simpatizado com nenhum personagem até agora. ♠

Hatsukoi Monster

Você esperava um gif mas era eu, uma imagem normal!
 Hatsukoi Monster é um anime que fala sobre uma menina do ensino médio que apaixona-se à primeira vista por um menino que parece ser um pouco mais velho que ela. Só que esse menino na verdade está na quinta série e tem uns onze anos de idade.
Sério, esse anime é bem bizarro, mas me arrancou muitas risadas. Tipo, muitas. Porque mesmo que pareçam mais velhos, eles são crianças e agem como tal. o que fica muito hilário já que parecem um bando de marmanjos. ♣
Sem contar que meio que é um lolicon-trap-invertido-shotacon-loucão-das-paradas.
Moral da história: Não deem sustagem kids para suas crianças.

Orange

Eu ouvi falar muito bem da proposta do anime, então resolvi dar uma olhada e, realmente, eu estou muito curiosa pra saber como o anime vai proceder. Orange fala de uma menina que recebeu uma carta de si mesma dez anos no futuro contando alguns arrependimentos que gostaria que ela consertasse.
Os traços são bem bonitos, eu não conheço o estúdio, então não tenho como botar na mesa minhas generalizações sobre — hohoho— Então, é só isso. Deem uma olhada; se gostam de drama, parece bom.
"Até porque deve ser muito foda receber praticamente um tutorial da vida"
D R O P A D O S
Dos que vi, até agora, dropei:
ReLIFE — Pareceu legal, mas com o tempo deixou de prender minha atenção.
Obs.: O anime já vazou inteiro.
Rewrite — Definitivamente não fez o meu tipo, os traços me dão nervoso e a história é chata e massante pros meus padrões, não consegui chegar nem na metade do primeiro episódio.
Momokuri — parecido com ReLIFE; meio... sei lá, não to na vibe pra animes assim, eu acho.

B Project eu não dropei, estou considerando ver mais alguns episódios antes.

Novidades da semana: Izayoki está fazendo trufas e dando pulos de alegria com os que lançaram domnigo/segunda-feira. Mas infelizmente só vou vê-los provavelmente amanhã. D.gray-man me aguarde ♥

Então, é isso, um beijo e um queijo

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Temporada de Primavera! (Part.3)

| | 2 ⇾Comments⇽
♥ Soul Eater ♥
Só eu achei que o anime ficou meio esquecido com o tempo? E é tão bom...

Post atrasada de novo porque a iza passou o fim de semana adiantando anime \o\. Enfim, como estão? Espero que bem. Izayoki está passando por um período difícil da vida dela, mais conhecido como Eu não consigo parar de escutar uma música. Eu não aguento mais e essa coisa fica ressoando na minha cabeça até eu colocá-la de novo. Se alguém conhecer uma música mais chiclete que essa, me ajude ಥvಥ.Porque até ponei maldito eu já tentei.
Agora vamos à análise final dos animes da temporada ♥ Eu prometi a mim mesma que não falaria dos animes que estão só lançando segunda temporada, mas eu PRECISO falar de Ushio to Tora, então será o primeiro e último u3u

Ushio to Tora (2nd)
O que dizer desse shounen cheio de testosterona e amorzinho? ♥
A segunda temporada teve umas partes que me fizeram querer muito dropar porquê.... Cara, que sofrência. Mas graças a kami-sama as coisas já estão amorzinho de novo. E MEU SHIP VIROU CANON, PORRAAAAAA
Joker Game
Se você gosta de animes de mistério onde os protagonistas resolvem situações complicadas com um esplêndido protagonismo mental, você vai gostar bastante de Joker game.
O nome do anime descreve um jogo parecido com poker, mas onde as pessoas à volta estão envolvidas e o objetivo é descobrir qual delas está agindo a seu favor dizendo a verdade sobre o jogo do adversário.
Joker Game é um anime de espionagem que se passa na era Showa, no início da segunda guerra mundial. Se você gosta de história, vai notar algumas referências e eu diria que também é muito bom pra estudar. 
Super Lovers
[Alerta de Shounen-ai]
Se você gosta de um romance shotacon fofinho com comédia, esse é um bom anime. Haru é um personagem que eu tenho receio de dizer que me identifico porque eu não saio por aí assediando as pessoas, mas ele é uma pessoa bem carinhosa e Ren é um tsun tsun; E tsun tsuns machos são muy fofitchos.
Eu queria poder dizer mais, mas eu não quero dar spoiler e muito menos tenho memórias claras do primeiro ep, então fica por isso mesmo c': *sai correndo*

Agora, gente, sobre o final de Mayoiga.... tan tan taaan... Esse anime é lindo, gente, assistam. c':
♥•♥•♥
Bem, gente; é isso! Espero que tenham gostado. Eu estou tentando postar as traduções uma ou duas vezes por mês, pra não ficar muito pesado postar sempre tantas. Até porque eu não vou traduzir isso tudo e não quero postar só isso, então.. É isso! Esperem Namidaboshi até o fim desse mês ou início do próximo!
Um beijo e um queijo! ♥

domingo, 12 de junho de 2016

Algumas curiosidades sobre animes!

| | 8 ⇾Comments⇽
Há quanto tempo será que não uso um gif do Inga? ♥

 E aí, gente? Como estão? Aproveitando o frio? Sinceramente, estou amando todo esse tempo, de verdade. Se pudesse, moraria no Canadá ou em algum lugar bem frio.. Bem, mas não vim aqui pra falar de frio, vim aqui compartilhar algumas coisas bem interessantes que apendi no curso e que seria bem legal compartilhar com vocês aqui; Então, não teremos análise da temporada hoje, porque teremos uma post bem especial que pode ficar pequena, corrida, ou enorme. Então esqueçam análise da temporada essa semana, crianças \(:v)/

Por que os olhos grandes em animes?

Anime: No Game, No Life!
 Bem, vamos começar com o mais mamilo polêmico:
Anda correndo a seguinte lenda, e tenho certeza que você já a ouviu: "Personagens de animes têm olhos grandes para imitar os olhos dos ocidentais imigrantes"

 Só que não é bem assim. Existe um termo chamado animação limitada. Que é uma técnica que funciona, basicamente, como macetes para diminuir o trabalho do animador e fazer com que seja produzida com mais agilidade. Vale lembrar que antigamente os personagens eram redesenhados completamente a cada frame, isto é, a cada quadro de cena. Haja saco, haja mão, haja tendão, haja tudo.
 O japão começou realmente a investir em mangás e animes no final da segunda guerra mundial e, ao contrário da animação norte-americana, que começou fazendo o estilo de animação total e depois foi aderindo à animação limitada, o japão já começou com esse sistema. Até porque, convenhamos, eles não estavam nas melhores condições depois da segunda guerra mundial.

 Em suma, gente, o motivo dos olhos grandes é, precisamente, expressar emoções com praticidade. Porque adicionar alguns brilhos ou mudar a forma dos olhos é muito mais econômico e fácil do que desenhar toda uma expressão facial a cada cena. Então os olhos grandes auxiliavam nisso: É uma economia de animação.

Mechas, mechas mechas!!!

Anime: Neon Genesis Evangelion
 Acho que já notaram que a maioria das animações norte-americanas evitam até mesmo de usar carros em animações. Mas se eles evitam tanto, por que a japonesa recorre TANTO a esse tipo de modelo, a ponto de fazer até mesmo robôs gigantes?
Anime: Macross Delta
 Bem, gente, a resposta é simples: Haviam muitos estudantes de desenho industrial, arquitetura  Me corrijam se eu estiver errada. e etc quando isso começou. Isso dava uma facilidade bem grande para achar pessoas especializadas em desenhar figuras mecânicas ou geométricas. As pessoas que geralmente faziam animação desses mechas vinham de fora dos estúdios: Era trabalho desses estudantes, que entendiam de desenho geométrico em geral, animar os mechas.

 Curiosidade: Sabem aquela cena de mísseis clássica onde vários mísseis seguem a mesma trajetória e voam por várias partes da tela? Isso começou com Macross Delta e fez bastante sucesso. • Olhem o gif, gente. O gif.•

Quanto custa um anime?

Anime: Kamisama no Inai Nichiyoubi
Isso é uma curiosidade bem interessante que eu queria abordar aqui. Então, gente, vocês já devem ter ciência que o japão produz, ao contrário da maioria dos outros países, mais animações em 2D do que filmes com atores. Mas por que isso?
Animação no japão é algo muito, muito, muito barato comparado às outras. Um anime de 12 episódios custa, em média, 1,5 milhões de dólares.
"Porra, Izayoki. Isso é coisa pra cacete!"
 É? Então vamos comparar: Lembra de Frozen? A animação da Disney de 2013? Custou 150 milhões de dólares. Isso porque é 3D. Já que Disney tem evitado animações 2D porque "São caras demais".
E, adivinhem, alguém tem que sair perdendo nessa história de baratinho, né? E adivinhem só quem é...
"O Dublador?"
 A resposta é: O animador. Isso aí, gente. O animador é quem menos ganha e, a nível de curiosidade, o cargo mais bem pago é o de Seiyuu, ou seja, o dublador.

• ♦ • ♦ • ♦ •

 Finalmente terminada! Haha! O que acharam? Já sabiam? Era o que vocês esperavam? Eu comecei a post pretendendo falar de bem mais coisa, mas eu não quis lotar vocês e pra ser sincera me deu branco. Espero que tenham gostado ♥ E o que estão achando das traduções? E do menu de imagens dali?
And.. É isso. Um beijo e um queijo ♥

terça-feira, 7 de junho de 2016

Tradução: Mayoiga (Opening)

| | 5 ⇾Comments⇽
Osu! Como estão? Bem, aqui vai mais uma tradução de Opening, como prometi que postaria de vez em quando. Quando fui traduzir efetivamente hoje, notei que já existia sim uma tradução em português, mas como eu já tinha decidido traduzi-la há um tempo, prossegui.

Por enquanto as posts vão ter os vídeos do Youtube, até começar a dar problema, o que eu espero que nunca aconteça. ninguém merece ficar reupando as coisinhas ou corrigindo link quebrado. ಥwಥ".
Bom! Deixando isso de lado, hoje eu contei com a ajuda dos sites... Nenhum, efetivamente. Eu olhei em vários lugares e nenhum se mostrou efetivamente útil, como se copiassem uns dos outros, então ao sites do google, meu sincero obrigada por nada hoje. ♥
Contei com a revisão da minha filhota, Natsumi, do Watashi no Sekai da letra, então.. Obrigadinha ♥
[EDIT] Gente, o Luffy do Animes Best.ON fez a gentileza legendar o vídeo, adicionando karaokê e tudo mais. Então, Luffy, Obrigada! ♥ [/EDIT]
Gensou Drive
Ami Wajima

Ilusões, impulsos e meditações batem à sua porta
Está tudo bem, eu quero transmitir: "Eu estou aqui!"

Palavras que ninguém escuta
das indagações de dentro do coração*
Se fingir que não vejo
Os olhos de quem está refletido no espelho
se tornarão distantes, chorando sutilmente

Quando acordei de um sonho para o qual nunca mais poderia voltar
Olhe, havia um pouco de calor sobrando!

Ilusões, impulsos e meditações batem à minha porta
Está tudo bem, eu quero transmitir: "Ainda não é tarde demais!"

Calor, batidas do coração, células; Eu encontrei você;
Algo precioso que eu tinha esquecido e que estava bem ali:
A prova de que eu vivi ao máximo está transbordando um monte
Hey, vamos continuar correndo ao máximo
porque nós temos um futuro!


*A tradução literal ficaria um pouco confusa, já que em japonês são dois termos com sentidos um pouco diferentes mas em português são muito semelhantes e resultariam em um pleonasmo bem.. Desconfortável. Procurei manter o sentido.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Temporada de primavera! (Part.2)

| | 8 ⇾Comments⇽
Eu já disse que amo o Gilgamesh? ♥
•• Eu comecei esta post ontem e pretendia postá-la no mesmo dia, mas né. ••
Olá! Eu sei, eu deveria ter postado ontem ou domingo, mas a verdade é que... Eu dormi. Desculpem. -q Mas eu tenho um motivo. Estava com uma dor de cabeça que estava lá por cerca de 26 horas. "Izayoki, você foi no hospital?" Não. Porque eu já tenho uma ideia do que seja. Talvez um dia eu conte. Mwahahaha.. Antes de irmos ao assunto principal da postagem, eu queria abordar uma coisa que notei enquanto verificava alguns parceiros do blog; Que foi a quantidade de blogs excluídos, privatizados e até mesmo blogs que cresceram demais e excluíram suas parcerias antigas sem sequer dar satisfações. Eu fico bem triste com isso, principalmente pelos blogs que não existem mais, eu senti que voltei para o blogger e foi como voltar pra sua cidade natal e descobrir que quase todos os seus vizinhos se mudaram ou morreram, e que o tio da pipoca não tá mais lá. Entendem? Bem, era isso. Vai te ruma tag no fim da post, então fiquem atentos.

Ah! outra coisa! Vocês conhecem Touken Ranbu? É um jogo de navegador que a iza tenta desesperadamente jogar há algum tempo onde seus personagens são lindas personificações de espadas. Pois é, Touken Ranbu vai ganhar um anime (Pelo que entendi, pela Ufotable [Fate/Zero e UBW]); Aliás, falando em Fate, A Shaft Anunciou uma adaptação para Fate/EXTRA, que para a minha tristeza não é o CCC; Mas, mesmo assim é uma boa notícia! Outra boa notícia para quem é ligado em VOCALOID, é uma notícia antiga, mas é válido citar: Os Trabalhos da HoneyWorks ganharam uma adaptação para filme (Assim como Light Novel. Eu não sabia da existência dela até... uns dias atrás.) o título é Zutto Mae Kara Suki Deshita.: Kokuhaku Jikkou Iinkai, Eu ainda não achei download da RAW, mas vi uns trechos pelo YouTube. Boas pesquisas ♥

Bungou Stray Dogs
Como costumeiro, a BONES apresenta uma qualidade monstruosa e, se me permitem dizer, um bom gosto na escolha dos projetos.
Bungou Stray Dogs é um anime de mistério, ação e com uma comédia bem saudável. É um dos que mais estou gostando da temporada junto com mais meia dúzia e é bem equilibrado, eu diria. É aquele tipo de anime que não posso dizer que é focado em um só gênero e sim equilibra um pouco de tudo. O que eu acho muito bom, já que não fica sempre aquele "É shounen" ou "é Shoujo" e "seinen".
Outra coisa que eu queria ressaltar é que o anime passa uma atmosfera de animes mais antigoss; Não em traços, óbvio, mas na comédia e na abordagem. Eu gostei muito disso.

Mayoiga
É um anime original de mistério, do mesmo diretor de Shirobako. Trata-se de um grupo de pessoas que vão em uma "excursão" para um vilarejo chamado Nanaki, cujo reza a lenda ser isolado de toda a sociedade, e lá eles pretendem recomeçar a vida. A Maioria dos membros não se conheciam e estão lá por motivos pessoais.
Tá, okay, Mas o que tem de BOM mesmo no anime?
O que tem de bom no anime é a música do hipopótamo são os personagens, sem dúvida. Não todos, até porque alguns dá vontade de arrancar a cabeça e sair chutando, mas deixo esse julgamento com vocês. Também é um dos que mais estou gostando e um dos poucos que eu casualmente assisto a RAW antes de sair legendado Porque eu sou impaciente.
"Acho meio desnecessário dizer que gostei do anime, já que eu simplesmente estou ignorando os animes que dropei e só continuei vendo os que gostei. Whatever."

Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge
Sineceramente? Se você gosta de ação e pancadaria, gente sangrando e membros decepados, não assista esse anime.
É um anime bem calmo e de comédia, que conta a estória de um menino preguiçoso ao extremo e seu dia a dia com seu amigo Oota; Claro, junto com os outros membros da escola e família.
"Confesso que só gostei porque me identifiquei com o protagonista e porque o anime é fofo."
•♥ •♥• ♥•

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Temporada de primavera! (Part.1)

| | 2 ⇾Comments⇽
Aaaah! Cansada, cansada, cansadaaaaaa @_@
Yo! Como estão? Espero que bem ♪. Como disse antes, estou frequentando o curso de animação e, sério, eu amo aquele lugar.
Enfim! desculpem a demora para postar, aqui estou eu. E, bem atrasada, vim falar dos animes dessa temporada. Vou dividir em duas ou três posts, então... Lá vai a primeira ヽ༼ ಠ益ಠ ༽ノ

Koutetsujou no Kabaneri
Como esperado dos estúdios WIT, – Que, diga-se de passagem, quase sempre pega um anime com tema apocalíptico ou algo do gênetro. (Lê-se: Shingeki no Kyojin, Shisha no Teikoku, Hoozuki no Reitetsu, etc.) – A qualidade é ótima e a iluminação, então, nem se fala. Particularmente eu acho a atmosfera visual do anime é muito confortável. Sem contar que a voz do protagonista, Ikoma, acho que por ser igual à do Ushio (Ushio to Tora) não me deixa pensar nele em uma má pessoa, mesmo que ele fosse.
Sobre a história em si, bem.. Não há como não lembrar de Shingeki no Kyojin. Todavia, mesmo assim, estou gostando bastante do anime. E a Mumei é bem menos entediante que a Mikasa, só para deixar claro.

Shounen Maid
Se você quer algum anime para mimar seus sentimentos e fazer carinho no seu coração, Shounen Maid é indispensável nesta estação. Sério, esse anime tem um nível de fofura muito avançado, a poto de dar vontade de abraçar algo a cada episódio.
O anime fala de Chihiro, que, após perder sua mãe – que tinha cortado laços com sua família –, é acolhido por seu tio, Madoka; E, seguindo os ensinamentos de sua mãe: "Quem não trabalha, não come", Chihiro faz questão de pagar suas despesas na casa, então Madoka, brilhantemente, o oferece um emprego como faxineiro em sua casa.
Gente, sério, isso é tudo fofo demais. *^*

Magi: Sinbad no Bouken
Não tenho muito o que dizer a não ser que estou adorando o anime. Embora até agora esteja exatamente na mesma parte em que a OVA parou, foi um prazer assistir de novo. Houveram algumas mudanças, como uma maior atenção para a história do pai do Sin (Badr, aquele lindo.) com ele, e o corte quase total do contato dele com a Serendine.(O que na minha opinião, não fez tanta falta.). Acho que a melhor coisa que puderam fazer desde o plot principal (The Labyrinth/Kingdom) foi mudar da A-1 Pictures para a Lay-duce.
Obs.: Preciso reforçar: Ja'far é fofo demais. Oh my. 

Parceiros

Em Espera:

Free Fox wag MySpace Cursors at www.totallyfreecursors.com